domingo, 7 de maio de 2017

PARABÉNS GUAMARÉ PELOS SEUS 55 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA


 Hoje o município de Guamaré está  em festa completando  mais um ano de emancipação política neste domingo, 07 de maio. São 55 anos de história, trabalho e desenvolvimento. Nesta data tão especial quero parabenizar a todos os filhos, moradores e aqueles que adotam como cidade natal .

Nosso Município é um Município de muitas riquezas, grandezas e potencialidades, mas é um Município cheio de desafios e dificuldades que com a ajuda mútua da população e de seus políticos podemos elevar nossa cidade a patamares bem altos.

Sinto-me Feliz em poder comemorar esse dia tão especial para essa cidade que tanto amo, onde no decorrer de minha vida conheci e construí muitas amizades e assim desejo que a cada ano nossa cidade se desenvolva através de seu povo acolhedor, trabalhador e que todos possam  dar as mãos, unir forças,  através de bons pensamentos, para que juntos possamos construir uma cidade e um município melhor para todos, sem distinção de cor, raça, religião, sexo ou partido. Assim desejo um FELIZ ANIVERSÁRIO A GUAMARÉ E A TODOS MUNÍCIPES .

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO: 

Guamaré, tendo a origem de seu nome pela unção das palavras água e maré, por estar localizada às margens dos rios Aratuá e Miassaba, recebeu a presença do homem branco nos idos de 1605, quando o Capitão Pero Lopes de Souza, aqui aportou com sua esposa, seus filhos e soldados, sobreviventes da tentativa frustrada de colonizar o Ceará.

No ano de 1783, o português Francisco dos Santos, residente em Caiçara, construiu a
Capela de Nossa Senhora da Conceição, em gratidão por ter conseguido salvar-se juntamente com sua tripulação, de uma tempestade no alto-mar e aportando em Guamaré.

Guamaré já pertenceu ao município de Açu, passando para Angicos em 1833, de quem foi distrito de paz em 1834, tendo 201 moradores adultos. Em 1847 incluiu-se no território de Macau onde permaneceu mesmo quando houve a restauração de Angicos em 1850. Distrito de Paz de Macau em Agosto de 1873.

Em 06 de setembro de 1837, os moradores de Guamaré enviaram à Assembleia Legislativa uma petição pleiteando a criação da Vila Imperial de Guamaré e respectiva freguesia. As comissões de estatística, civil e criminal da Assembleia compostas dos deputados João Patrício da Silva Juba, Antônio Basílio Ribeiro Dantas, deram parecer contrário, por serem de lugares despovoados, exceção da povoação. Parecer aprovado no dia seguinte. Quando os macauenses voltaram a pleitear a independência administrativa (Setembro de 1847), Guamaré protestou.

Mas a tão sonhada Emancipação Política de Guamaré, somente tornou-se realidade em 07 de Maio de 1962, através da Lei Nº. 2.744, quando foi desmembrada de Macau, tornando-se um novo município do Rio Grande do Norte.

HISTÓRICO DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE GUAMARÉ

O município de Guamaré, localizado no litoral norte potiguar, pertenceu à jurisdição dos municípios de Açu, Angicos e Macau. A sua Emancipação Política teve como propositor o Deputado Veras Saldanha e como relator o Deputado Jácio Fiúza, que através do Processo 071/62 defenderam na Assembleia Legislativa a liberdade sonhada pelo povo dessa terra, que já buscava há muito sua independência.

A Lei 2.744 que criou o município de Guamaré foi aprovada no dia 01 de maio de 1962 e sancionada pelo Governador Aluízio Alves no dia 07 de Maio do mesmo ano. Sua publicação deu-se no Diário Oficial em 09 de maio de 1962.

O Governador do Estado nomeou no dia 10 de dezembro de 1962, conforme o Art. 3º da Lei 2.744, o Sr. João Batista Carmo, como Prefeito do Município de Guamaré, o qual foi empossado no dia 11, na Secretaria do Interior e Justiça de Natal. João Batista do Carmo governou Guamaré, até 30 de janeiro de 1964 quando deu posse ao primeiro Prefeito Constitucional eleito pelo voto popular, Luiz Virgílio de Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TCE determina ressarcimento de R$ 7,6 milhões ao Município de Guamaré por irregularidades de prefeitos

Jorge Filho O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou o ressarcimento de R$ 7,6 milhões ao Município de Guamaré em vi...